Islão e Alcorão
Ál Imran 3/81

Ál Imran 3/81

Quando Deus fez um pacto com os profetas[1*], disse: “Quando um Mensageiro/Livro[2*] que corrobora o que está convosco chegar a vós depois de Eu vos ter concedido o Livro e a sabedoria, terás de crer nele e o socorrer.” “Aceitais disso?” “Assumis essa carga pesada[3*][4*]?” Eles disseram: “Aceitamos.” Deus disse: “Testemunhai disso,  Eu também testemunho convosco.[5*]”

وَاِذْ اَخَذَ اللّٰهُ م۪يثَاقَ النَّبِيّ۪نَ لَمَٓا اٰتَيْتُكُمْ مِنْ كِتَابٍ وَحِكْمَةٍ ثُمَّ جَٓاءَكُمْ رَسُولٌ مُصَدِّقٌ لِمَا مَعَكُمْ لَتُؤْمِنُنَّ بِه۪ وَلَتَنْصُرُنَّهُۜ قَالَ ءَاَقْرَرْتُمْ وَاَخَذْتُمْ عَلٰى ذٰلِكُمْ اِصْر۪يۜ قَالُٓوا اَقْرَرْنَاۜ قَالَ فَاشْهَدُوا وَاَنَا۬ مَعَكُمْ مِنَ الشَّاهِد۪ينَ

(Ál Imran 3/81)

[1*O pacto, que Deus fez com profetas, significa pacto com seu povo através dos livros que Ele enviou aos profetas. De acordo com esse pacto, todos os povos dos profetas são obrigados a crer no Alcorão.

[2*]    Neste versículo, Deus ordena aos profetas que obedecessem ao Mensageiro. Isso é muito importante em termos de compreensão dos conceitos de Nabi e Rasul. Rasul (رسول) significa “a palavra enviada a alguém”, bem como mensageiro enviado para transmitir essa palavra (Mufradat). A principal tarefa dos mensageiros de Deus é transmitir Suas palavras às pessoas. Por esta razão, a ênfase principal com as palavras do Mensageiro de Deus no Alcorão são os versos que eles transmitem. Quando a notícia sobre a morte de do Profeta Muhammad (saws) na batalha de Uhud se espalhou, o seguinte versículo foi enviado: 

"Muhammad não é senão Mensageiro; de fato, outros Mensageiros passaram, antes dele. Então, se ele morrer ou for morto, tornareis atrás, virando os calcanhares?...." (Al Imran 3/144)

Após a morte do último Mensageiro(rasul) de Deus, o mensageiro que é nosso interlocutor é o Alcorão. A frase “Quando um Mensageiro que corrobora”  refere-se tanto ao mensageiro quanto ao livro que ele trouxe. 

"Então, não impende aos Mensageiros senão evidente transmissão da Mensagem?" (Nahl 16/35)
"Ó Mensageiro! Transmite o que foi descido de teu Senhor, para ti. E, se o não fazes, não haverás transmitido Sua Mensagem. E Allah te protegerá dos homens. Por certo, Allah não guia o povo renegador da Fé." (Maida 5/67)
[3*] ISR é a responsabilidade de crer no profeta enviado novo: Essa responsabilidade foi encerrada pelo último profeta. (Al A’raf 7:157)

[4*]

"Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele." (Deuteronômio 18:18,19)
"Agora vou para aquele que me enviou, e ninguém de vós me pergunta: Para onde vais? Mas porque vos falei assim, a tristeza encheu o vosso coração. Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do juízo.* Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim. Ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu me vou para junto do meu Pai e vós já não me vereis; .ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado. Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ele vos ensinará toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e vos anunciará as coisas que virão. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará." (João 16/5-14)
[5*] Baqara 2/40-41, 89-90, 101, Al İmran 3/50, Nisa 4/47, Fatir 35/31, Ahqaf 46/30-31, Saf 61/6-7.


E quando Allah firmou a aliança com os profetas: “Seja o que for que Eu vos haja concedido, de Livro e de Sabedoria, se, em seguida, vos chegar um Mensageiro, confirmador do que está convosco, deveis nele crer e deveis o socorrer.” Ele disse: “Reconheceis e firmais Meu compromisso com isso?” Disseram: “Reconhecemos.” Ele disse: “Então, testemunhai, e sou convosco, entre as testemunhas.” 
(Dr. Helmi Nasr, 2015)


Quando Deus aceitou a promessa dos profetas(161), disse-lhes: Eis o Livro e a sabedoria que ora vos entrego. Depois vos chegou um Mensageiro que corroborou o que já tendes. Crede nele e socorrei-o. Então, perguntou-lhes: Comprometer-vos-eis a fazê-lo? Responderam: Comprometemo-nos. Disse-lhes, então: Testemunharei, que também serei, convosco, Testemunha disso.
(Prof. Samir El Hayek, 1974)

*Comparar com o versículo 63 da 2ª Surata. O tema é: Vós (adeptos do Livro) estais comprometidos, pelos vossos votos, solenemente juramentados na presença dos vossos próprios profetas. No Antigo Testamento, como atualmente existe, são citados Mohammad (Deuteronômio 18:18), e a ascensão da Nação Árabe (em Isaías 42:11), porque Kedar era filho de Ismael, sendo este nome usado para designar a Nação Árabe. No Novo Testamento, como atualmente existe, Mohammad é vaticinado (João 14:16, 15:26 e 16:7). O futuro Consolador não pode ser o Espírito Santo pretendido pelos cristãos, uma vez que este já estava presente, auxiliando e guiando Jesus. A palavra grega que se traduziu por ” Consolador” é “Paracletos”, a qual, por sua vez, é uma patente corruptela de “Periclytos”, que constitui quase uma tradução literal de “Mohammad” ou “Ahmad” (61ª Surata, versículo 6). Reforçando esta tese, houve outros evangelhos, perdidos no tempo, mas que deixaram traços, que eram ainda mais específicos ao se referirem a Mohammad; por exemplo, o Evangelho de Barnabé, cuja tradução italiana se encontra na Biblioteca Nacional de Viena. Ela foi editada em 1907.


E recordai o tempo em que Allah aceitou um pacto da parte do povo por intermédio dos profetas, dizendo. ‘Seja o que for que Eu vos de do Livro e da sabedoria, e então a vós vem um Mensageiro, realizando o que está convosco, vós crereis nele e ajudá-lo-eís.’ E Ele disse, ‘Estais vós de acordo, e aceitais vós a responsabilidade que eu vos imponho neste assunto? Eles disseram, ‘Nós concordamos’:Ele disse, ‘Então prestai testemunho e Eu sou convosco entre as testemunhas”.
(Iqbal Najam, 1988)

3- Os Versículos de Ál Imran

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200

Posts

Most Viewed Posts