Islão e Alcorão
Como Fazer Jihad Hoje Em Dia

Como Fazer Jihad Hoje Em Dia?

 

Se o jihad é lutar para Allah, como devemos cumpri-lo hoje em dia?

 

A palavra ‘jihad: جهاد‘ vem de raiz ‘جهد‘ que significa esforçar-se, trabalhar com força total, usar todas oportunidades para conseguir fazer alguma coisa. Jihad deve ser pensado como um conceito inclusivo. ‘Jihad‘ e ‘qital‘, que também é explicado abaixo, são confundidos na maioria das vezes. No Alcorão a palavra significa “a guerra” é “qital /muqatala”. O seguinte versículo mostra claramente que Jihad não significa apenas a guerra:

فَلَا تُطِعِ الْكَافِرِ‌ينَ وَجَاهِدْهُمْ بِهِ جِهَادًا كَبِيرً‌ا
“Não escute os incrédulos, mas esforce-se contra eles com a maior força, com o (Alcorão)” (Furcan | O Discernimento 25:52)

Jihad com Alcorão… Jihad com Alcorão, é claro, não é usar o Alcorão como uma arma. Aqui deve ser entendido que a luta contra os infiéis, deve ser feito com Alcorão com uma forma adequada. Portanto, esforçar-se pelo islã está incluído no âmbito da Jihad. A guerra contra o inimigo não é um evento pode ocorrer sempre na vida. Mas as pessoas sempre estão na luta com seus desejos e satanás. O nome dessa luta também é jihad. Então, o jihad é realizado com os bens quando necessário, e quando necessário com a vida … Em resumo, jihad é fazer as coisas para Deus, no seu tempo certo , no seu lugar certo, na melhor maneira.

Hoje, como muçulmanos, nosso dever principal é tentar viver e fazer o nosso melhor como Deus nos mostra. A maneira de fazer isso é entender o Alcorão, viver como Alcorão mostra e estar unidos em torno do Alcorão todos juntos como muçulmanos. Se fizermos isso, Deus nos dará grande sucesso em todos os campos. Isso é o promessa de Deus. Precisamos pensar nos seguintes versos e agir em conformidade:

وَعَدَ اللَّهُ الَّذِينَ آمَنُوا مِنكُمْ وَعَمِلُوا الصَّالِحَاتِ لَيَسْتَخْلِفَنَّهُم فِي الْأَرْضِ كَمَا اسْتَخْلَفَ الَّذِينَ مِن قَبْلِهِمْ وَلَيُمَكِّنَنَّ لَهُمْ دِينَهُمُ الَّذِي ارْتَضَى لَهُمْ وَلَيُبَدِّلَنَّهُم مِّن بَعْدِ خَوْفِهِمْ أَمْنًا يَعْبُدُونَنِي لَا يُشْرِكُونَ بِي شَيْئًا وَمَن كَفَرَ بَعْدَ ذَلِكَ فَأُوْلَئِكَ هُمُ الْفَاسِقُونَ * وَأَقِيمُوا الصَّلَاةَ وَآتُوا الزَّكَاةَ وَأَطِيعُوا الرَّسُولَ لَعَلَّكُمْ تُرْحَمُونَ

“Allah prometeu àqueles dentre vós, que crêem e praticam o bem, fazê-los herdeiros da terra, como fez com os seus antepassados; consolidar-lhes a religião que escolheu para eles, e trocar a sua apreensão por tranquilidade – Que Me adorem e não Me associem a ninguém! – Mas aqueles que, depois disto, renegarem, serão os depravados. E observai a oração, pagai o zakat e obedecei ao Mensageiro, para que tenha misericórdia de vós.” (An Nur – A Luz 24:55-56)

يَا أَيُّهَا الَّذِينَ آمَنُوا إِن تَنصُرُوا اللَّهَ يَنصُرْكُمْ وَيُثَبِّتْ أَقْدَامَكُمْ

“Ó crentes, se socorrerdes a Allah, Ele vos socorrerá e firmará os vossos passos.” (Mohammad 47:7)

الَّذِينَ أُخْرِجُوا مِن دِيَارِهِمْ بِغَيْرِ حَقٍّ إِلَّا أَن يَقُولُوا رَبُّنَا اللَّهُ وَلَوْلَا دَفْعُ اللَّهِ النَّاسَ بَعْضَهُم بِبَعْضٍ لَّهُدِّمَتْ صَوَامِعُ وَبِيَعٌ وَصَلَوَاتٌ وَمَسَاجِدُ يُذْكَرُ فِيهَا اسْمُ اللَّهِ كَثِيرًا وَلَيَنصُرَنَّ اللَّهُ مَن يَنصُرُهُ إِنَّ اللَّهَ لَقَوِيٌّ عَزِيزٌ

“São aqueles que foram expulsos injustamente dos seus lares, só porque disseram: Nosso Senhor é Allah! E se Allah não tivesse refreado os instintos malignos de uns em relação aos outros, teriam sido destruídos mosteiros, igrejas, sinagogas e mesquitas, onde o nome de Allah é frequentemente celebrado. Sabei que Allah secundará quem O secundar, em Sua causa, porque é Forte, Poderosíssimo.” (Al Hajj – A Perengrinação 22:40)

أَمْ حَسِبْتُمْ أَن تَدْخُلُواْ الْجَنَّةَ وَلَمَّا يَأْتِكُم مَّثَلُ الَّذِينَ خَلَوْاْ مِن قَبْلِكُم مَّسَّتْهُمُ الْبَأْسَاء وَالضَّرَّاء وَزُلْزِلُواْ حَتَّى يَقُولَ الرَّسُولُ وَالَّذِينَ آمَنُواْ مَعَهُ مَتَى نَصْرُ اللّهِ أَلا إِنَّ نَصْرَ اللّهِ قَرِيبٌ

“Pretendeis, acaso, entrar no Paraíso, sem antes terdes de passar pelo que passaram os vossos antecessores? Açoitaram-nos a miséria e a adversidade, que os abalaram profundamente, até que, mesmo o Mensageiro e os crentes, que com ele estavam, disseram: Quando chegará o socorro de Allah? Acaso o socorro de Allah não está próximo?” (Al Bácara – A Vaca 2:214)

وَاعْتَصِمُواْ بِحَبْلِ اللّهِ جَمِيعًا وَلاَ تَفَرَّقُواْ وَاذْكُرُواْ نِعْمَةَ اللّهِ عَلَيْكُمْ إِذْ كُنتُمْ أَعْدَاء فَأَلَّفَ بَيْنَ قُلُوبِكُمْ فَأَصْبَحْتُم بِنِعْمَتِهِ إِخْوَانًا وَكُنتُمْ عَلَىَ شَفَا حُفْرَةٍ مِّنَ النَّارِ فَأَنقَذَكُم مِّنْهَا كَذَلِكَ يُبَيِّنُ اللّهُ لَكُمْ آيَاتِهِ لَعَلَّكُمْ تَهْتَدُونَ

“Apegai-vos, todos, ao vínculo de Allah e não vos dividais; recordai-vos das mercês de Allah para convosco, porquanto éreis adversários mútuos e Ele conciliou os vossos corações e, mercê de Sua graça, vos tornastes verdadeiros irmãos; e quando estivestes à beira do abismo infernal, (Allah) dele vos salvou. Assim, Allah vos elucida os Seus versículos, para que vos guieis.” (Ál ‘Imran – A Família De Imran 3:103)

يَا أَيُّهَا الَّذِينَ آَمَنُوا هَلْ أَدُلُّكُمْ عَلَى تِجَارَةٍ تُنجِيكُم مِّنْ عَذَابٍ أَلِيمٍ * تُؤْمِنُونَ بِاللَّهِ وَرَسُولِهِ وَتُجَاهِدُونَ فِي سَبِيلِ اللَّهِ بِأَمْوَالِكُمْ وَأَنفُسِكُمْ ذَلِكُمْ خَيْرٌ لَّكُمْ إِن كُنتُمْ تَعْلَمُونَ * يَغْفِرْ لَكُمْ ذُنُوبَكُمْ وَيُدْخِلْكُمْ جَنَّاتٍ تَجْرِي مِن تَحْتِهَا الْأَنْهَارُ وَمَسَاكِنَ طَيِّبَةً فِي جَنَّاتِ عَدْنٍ ذَلِكَ الْفَوْزُ الْعَظِيمُوَ* أُخْرَى تُحِبُّونَهَا نَصْرٌ مِّنَ اللَّهِ وَفَتْحٌ قَرِيبٌ وَبَشِّرِ الْمُؤْمِنِينَ

“Ó crentes, quereis que vos indique uma troca que vos livre de um castigo doloroso? É que creiais em Allah e em Seu Mensageiro, e que enceteis combate pela Sua causa com os vossos bens e pessoas. Isso é o melhor para vós, se quereis saber. Ele vos perdoará os pecados e vos introduzirá em jardins abaixo dos quais correm os rios, bem como nas prazerosas moradas do Jardim do Éden. Tal é o magnífico benefício. E, ademais, conceder-vos-á outra coisa que anelais, ou seja: o socorro de Allah e o triunfo imediato. (Ó Mensageiro) anuncia aos crentes as boas-novas!” (As Saf – As Fileiras 61/10-13)

FONTE: Yahya Senol, “Bize Soruyorlar” A revista de “Kitap ve Hikmet” Outubro-Dezembro 2015 Serie : 11, p 98.

 

Posts

Most Viewed Posts