Islão e Alcorão

Lúcifer era um anjo?

 

Deus Todo-Poderoso nos informa que Ele ordenou que os anjos se prostrassem a Adão, e todos eles obedeceram exceto Lúcifer. Em outro verso; Ele diz: “Lúcifer era um dos gênios”. Minha pergunta é que, como o comando de prostração a Adão foi aos anjos, por que Lúcifer levou a mensagem a si mesmo e se opôs prostrar-se? E por que Deus o dispensou de sua presença? Então, por favor explique; Lúcifer, que foi rotulado como Satanás mais tarde, era um anjo no começo?

 

Deus, o Todo-Poderoso, ordena que Ele criou todos os gênios e a humanidade para nada mais que servirem a Ele (51:56); e Ele manda em outro verso:

“O Messias não nega ser um servo de Allah, assim como tampouco o fizeram os anjos próximos (de Allah). Mas (quanto) àqueles que desdenharam adoração a Ele e se ensoberbeceram, Ele os congregará a todos ante Si. Quanto aos crentes que praticarem o bem, Allah lhes retribuirá com recompensas e os acrescentará da Sua graça; quanto àqueles que desdenharem a adoração a Ele e se ensoberbecerem, Ele os castigará dolorosamente e não acharão, além de Allah, protetor, nem defensor algum.” (An Nissá 4:172-173)

Servir a Deus é dever dos anjos e também dos seres humanos. Alguns dos anjos, que Deus chama de “próximos Dele”, servem e obedecem melhor. Mas certamente, como podemos entender pelo resto do verso, Deus punirá com um castigo doloroso quem desdenha de servi-Lo por ser arrogante. Lúcifer se afastou assim. Até certo tempo, ele mostrou obediência total em servidão a Deus, como descrito em 2:30-32, mas depois, quando foi testado prostrando-se a Adão ele se comportou de maneira arrogante e, como resultado, tornou-se um dos ignorantes (Cafir – que ignoram os mandamentos de Deus).

O versículo seguinte expressa claramente que todos os anjos são gênios:

“Quando dissemos aos anjos: Prostrai-vos a Adão! Prostraram-se todos, menos Lúcifer, que era um dos gênios (criaturas invisíveis), e que se rebelou contra a ordem do seu Senhor. Tomá-los-íeis, pois, juntamente com a sua prole, por protetores, em vez de Mim, apesar de serem vossos inimigos? Que péssima troca a dos injustos!” (Al Cahf 18:50)

No verso acima, Deus ordena que “os anjos” se prostrem a Adão, e Ele espera que Lúcifer também obedeça. A expressão “…era um dos gênios (criaturas invisíveis), e que se rebelou contra a ordem do seu Senhor.” mostra que os outros gênios obedeceram ao comando. Como todos os anjos são gênios de acordo com o verso acima, concluímos que os anjos que obedeceram ao comando também eram gênios.

A criação dos gênios do fogo significa os anjos também foram criados do fogo. Quando prestamos atenção, notamos que não há expressão no Alcorão sobre qual substância os anjos foram criados. Mas há vários versos que expressam que os gênios e os anjos são os mesmos.

 

Most Viewed Posts