Islão e Alcorão
Al Baqarah 2/104

Al Baqarah 2/104

Al Baqarah 2/104

Ó fiéis, não digais “pastoreia-nos”, dizei “vigia-nos”[¹], e ouvi (a palavra de Deus). Há um doloroso castigo aos incrédulos.

يَٓا اَيُّهَا الَّذ۪ينَ اٰمَنُوا لَا تَقُولُوا رَاعِنَا وَقُولُوا انْظُرْنَا وَاسْمَعُواۜ وَلِلْكَافِر۪ينَ عَذَابٌ اَل۪يمٌ

Al Baqarah 2/104
[¹] A palavra "raaina = رَاعِنَا" no verso significa "pastoreia-nos" ou "vigia-nos". Quem quer que diga "pastoreia-nos" pode ser tratado como um animal, mas a palavra "vigia-nos" não pode ser usada com outras intenções. Os muçulmanos chamam o povo “raaiyyah (pl. Raa'ya)", embora seja contrário a esse versículo. Na tradição, as autoridades são consideradas como Deus e as pessoas são consideradas como rebanhos. Isso foi fornecido por meio de uma narração que é falsamente atribuída ao Profeta Muhammad: “Quem me obedece, obedece a Deus, e quem me desobedece, desobedece a Deus. Quem obedece ao chefe me obedece, e quem desobedece ao chefe me desobedece. O imã é como um abrigo para cuja segurança os muçulmanos deveriam lutar e onde deveriam buscar proteção. Se o imã liderar as pessoas com retidão e governar de maneira justa, ele será recompensado por isso e, se fizer o contrário, será responsável por isso” (Bukhari 2956, 2957; referência no livro: Livro 56, Hadice 168).

Ó vós que credes! Não digais a Muhammad “raina”[¹], e dizei “unzurnã”, e ouvi. E, para os renegadores da Fé, haverá doloroso castigo.

 (Dr. Helmi Nasr, 2015)

[¹] Os moslimes, ao receberem os ensinamentos do Profeta, tinham o hábito de dizer-lhe: "Raina!", imperativo com o sentido de "cuida de Nós!". Os judeus, sempre hostis ao Profeta, para simularem o insulto que lhe dirigiam, usavam este imperativo, com ligeira corruptela fonética, tornando-o, perfidamente, semelhante a uma palavra hebraica, הבער ("Rainu"), que significa "Nosso malvado". Por essa razão, o Alcorão pediu aos moslimes que não mais usassem esta forma invocativa, mas a substituíssem pela palavra "Unzurnã". "Olha-nos".


Ó fiéis, não digais (ao Profeta Mohammad): “Raina”[¹], outrossim dizei: “Arzurna” e escutai. Sabei que os incrédulos sofrerão um doloroso castigo.

 (Prof. Samir El Hayek, 1974)

[¹] A palavra criticada é Ráina, que, empregada pelos muçulmanos, significa "digna-nos com a tua atenção". Contudo, era ridicularizada pelos inimigos, pois, com uma leve distorção, apresentava um significado insidioso. A outra palavra, sem ambigüidade, é Anzurna, que tem o mesmo significado ("digna-nos com a tua atenção"). A doutrina geram consiste em que devemos nos resguardar do truques cínicos, de usos de palavras que soam como elogio aos nossos ouvidos, mas que, no fundo, encerram aguilhões. Não somente devemos ser concisos nos nossos termos, mas também ouvir respeitosamente as palavras do Mestre a quem nos dirigimos. As pessoas imponderadas usam palavras vãs ou suscitam questões tolas e, inadvertidamente, fazem digressões.

Ó vós que credes, não digais: “Observa-nos.” Dizei: “Olha-nos.” E escutai. Um castigo doloroso aguarda os descrentes.

(Mansour Challita, 1970)


Oh vós que credes! não dizei (ao profeta) mas dizei ouça nos porém dizei olhar por nos e atentai. E para os incréus é um doloroso castigo.

 (Iqbal Najam, 1988)

2- Sura Al Baqarah

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286

Most Viewed Posts