Islão e Alcorão
Al Maidah 5/33

Al Maidah 5/33

Al Maidah 5/33

O castigo dos que fazem a guerra a Deus e Seu mensageiro, e se esforçam em semear a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou sejam enforcados, ou as suas mãos e os seus pés sejam decepados de lados opostos, ou sejam exilados de onde eles estão[¹]. Essa é a ignomínia que eles sofrerão no mundo. E o que eles merecem na derradeira vida é um grande castigo.

اِنَّمَا جَزٰٓؤُا الَّذ۪ينَ يُحَارِبُونَ اللّٰهَ وَرَسُولَهُ وَيَسْعَوْنَ فِي الْاَرْضِ فَسَادًا اَنْ يُقَتَّلُٓوا اَوْ يُصَلَّبُٓوا اَوْ تُقَطَّعَ اَيْد۪يهِمْ وَاَرْجُلُهُمْ مِنْ خِلَافٍ اَوْ يُنْفَوْا مِنَ الْاَرْضِۜ ذٰلِكَ لَهُمْ خِزْيٌ فِي الدُّنْيَا وَلَهُمْ فِي الْاٰخِرَةِ عَذَابٌ عَظ۪يمٌۙ

Al Maidah 5/33
[¹] Existem muitos versículos sobre  “semear a corrupção na terra”. Não há menção da punição a ser dada ao culpado em nenhum deles (Al Baqarah 2/204, Al Maidah 5/13, 64, At Taubah 9 / 107-108). Não há punição a ser aplicada pelas pessoas no versículo sobre devorar juros, que é descrito como “fazer guerra a Deus e Seu mensageiro” (Al Baqarah 2/279). Neste versículo, os crimes de “semear a corrupção” e “fazer guerra a Deus e Seu mensageiro” são mencionados ao mesmo tempo. Este crime é o crime de terrorismo e banditismo que visa eliminar a segurança da vida e da propriedade na sociedade. Aqueles que matam pessoas são mortos ou enforcados como um exemplo para as pessoas. As mãos e os pés daqueles que não mataram um homem, mas que tomaram a propriedade do povo por meio de uma ação organizada, são cortados do lado oposto. Aqueles que afastam as pessoas de suas casas espalhando o medo são exilados. Este é um requisito do equilíbrio que Allah estabeleceu entre o crime e a punição (Ach Chura 42/40). Isso significa que, se esses dois crimes não forem cometidos juntos, não haverá punição a ser dada aos criminosos por pessoas deste mundo.

A recompensa dos que fazem guerra a Allah e a Seu Mensageiro, e se esforçam em semear a corrupção na terra, não é senão serem mortos ou serem crucificados ou terem cortadas as mãos e os pés, de lados opostos¹, ou serem banidos da terra. Isso lhes é ignomínia, na vida terrena, e, na Derradeira Vida, terão formidável castigo,
 (Dr. Helmi Nasr, 2015)

[¹] Há quatro modalidades de punição de crimes e furtos peias leis islâmicas: a morte, para o homicídio; a crucificação, para o homicida que, também, assalta; a decepação da mão direita e do pé esquerdo para o que assalta e não comete homicídio; e o banimento, para o que ameaça assaltar e matar, mas não o faz.
O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra¹, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos², ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo.
 (Prof. Samir El Hayek, 1974)

[¹] Para o duplo crime de traição contra o Estado, combinado com a traição a Deus, como é o caso dos crimes premeditados, quatro alternativas de punição são mencionadas, cada uma das quais haverá de ser aplicada, de acordo com as circunstâncias, a saber: execução (cortar a cabeça), "crucificação", aleijamento ou exílio. Essas eram as características do Direito Penal de então e de séculos mais adiante, com exceção das torturas, como "enforcamento", afogamento e esquartejamento. Em todos os casos, o arrependimento sincero, antes que fosse tarde, era reconhecido como ponto de apoio para a misericórdia.

[²] Compreendido como significando a mão direita e o pé esquerdo.
O castigo dos que fazem a guerra a Deus e a Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra é serem mortos ou crucificados ou terem as mãos e os pés decepados, alternadamente, ou serem exilados do país: uma desonra neste mundo e um suplício no Além,
(Mansour Challita, 1970)
A recompensa dos que fazem guerra contra Allah e o Seu Mensageiro e se esforçam por criar desordem na terra e apenas esta: que eles sejam mortos ou crucificados ou as suas mãos e os seus pés sejam dcccpados em lados alternados, ou que eles sejam expulsos da terra. Isso será uma ignomínia para eles neste mundo, e no Futuro eles terão um grande castigo; 
 (Iqbal Najam, 1988)
5- Sura Al Ma'idah

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120

Posts

Most Viewed Posts