Islão e Alcorão
Al Maidah 5/18

Al Maidah 5/18

Al Maidah 5/18

Os judeus e os cristãos disseram: “Somos os filhos de Deus, e os que Ele ama[¹]”. Diz: Por que, então, Ele vos castiga por vossos pecados? Não, sois também seres humanos que Ele criou. Ele perdoa a quem faz o que é necessário para o perdão e castiga a quem merece o castigo. A Ele pertence à soberania dos céus e da terra e tudo quanto existe entre eles. A Ele será o retorno.

وَقَالَتِ الْيَهُودُ وَالنَّصَارٰى نَحْنُ اَبْنَٓاءُ اللّٰهِ وَاَحِبَّٓاؤُ۬هُۜ قُلْ فَلِمَ يُعَذِّبُكُمْ بِذُنُوبِكُمْۜ بَلْ اَنْتُمْ بَشَرٌ مِمَّنْ خَلَقَۜ يَغْفِرُ لِمَنْ يَشَٓاءُ وَيُعَذِّبُ مَنْ يَشَٓاءُۜ وَلِلّٰهِ مُلْكُ السَّمٰوَاتِ وَالْاَرْضِ وَمَا بَيْنَهُمَاۘ وَاِلَيْهِ الْمَص۪يرُ

Al Maidah 5/18
[¹] Depois diga ao faraó que assim diz o Senhor: Israel é o meu primeiro filho, e eu já disse a você que deixe o meu filho ir para prestar-me culto. Mas você não quis deixá-lo ir; por isso matarei o seu primeiro filho!” (Êxodo 4:22-23)

E os judeus e os cristãos dizem: "Somos os filhos de Allah e Seus bem amados." Dize: "Então, por que Ele vos castiga por vossos delitos? Ao contrário, sois seres humanos dentre os demais que Ele criou. Ele perdoa a quem quer e castiga a quem quer. E de Allah é a soberania dos céus e da terra e do que há entre ambos. E a Ele será o destino."
 (Dr. Helmi Nasr, 2015)
Os judeus e os cristãos dizem: Somos os filhos de Deus¹ e os Seus prediletos. Dize-lhes: Por que, então, Ele vos castiga por vossos pecados? Qual! Sois tão-somente seres humanos como os outros! Ele perdoa a quem Lhe apraz e castiga quem quer. Só a Deus pertence² o reino dos céus e da terra e tudo quanto há entre ambos, e para Ele será o retorno.
 (Prof. Samir El Hayek, 1974)

[¹] Os filhos de Deus: comparar com Jó, 38:7: "Quando as estrelas da alva juntas cantavam alegremente e todos os filhos de Deus se rejubilavam." Comparar, também, com Gênesis, 6:2: "Os filhos de Deus viram as filhas do homens." Predileto: comparar com Salmos, 127:2: "Ele deu as suas preferidas ovelhas." Se usadas em linguagem figurada, estas e outras palavras semelhantes referem-se ao amor de Deus. Infelizmente, o termo "filho" empregado no sentido físico, ou "amantíssimo", num sentido exclusivista, como se Deus amasse somente os judeus, constitui um escárnio à religião.

[²] Este refrão, no versículo anterior, neutraliza a idéia de filiação, e neste versículo neutraliza a idéia exclusiva de "amantíssimo". Em ambos os casos conclui-se que Deus independe de relações físicas e de particularidades exclusivistas.
Dizem os judeus e os cristãos: “Somos os filhos de Deus e Seus bem-amados.” Pergunta: “Por que, então, Ele vos castiga os pecados? Sois antes criaturas humanas iguais às demais de Suas criaturas. Ele perdoa a quem Lhe apraz e castiga quem Lhe apraz. A Ele pertence o reino dos céus e da terra e tudo quanto existe entre eles. É para Ele que será o retorno.”
(Mansour Challita, 1970)
Os Judeus e os Cristãos dizem, “Nós somos filhos de Allah e os Seus queridos. Dizei, ‘Porque e então que Ele vos castiga pelos vossos pecados? Pelo contrário, vós sois apenas seres humanos entre os que Ele criou'. Ele perdoa a quem quer que Lhe apraza e castiga a quem quer que Lhe apraz, E a Allah pertence ao reino dos céus e da terra e o que entre eles está, e pare Ele será o regresso. 
 (Iqbal Najam, 1988)
5- Sura Al Ma'idah

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120

Posts

Most Viewed Posts