Islão e Alcorão
An Nissa 4/75

An Nissa 4/75

An Nissa 4/75

O que é que se passa convosco que não combateis no caminho de Deus, pelos homens, mulheres e crianças oprimidos? Eles imploram: “Senhor nosso! Tira-nos desta cidade, cujos habitantes são injustos, envia-nos um governante da Tua parte, envia-nos um socorredor da Tua parte.”

وَمَا لَكُمْ لَا تُقَاتِلُونَ ف۪ي سَب۪يلِ اللّٰهِ وَالْمُسْتَضْعَف۪ينَ مِنَ الرِّجَالِ وَالنِّسَٓاءِ وَالْوِلْدَانِ الَّذ۪ينَ يَقُولُونَ رَبَّنَٓا اَخْرِجْنَا مِنْ هٰذِهِ الْقَرْيَةِ الظَّالِمِ اَهْلُهَاۚ وَاجْعَلْ لَنَا مِنْ لَدُنْكَ وَلِيًّاۚ وَاجْعَلْ لَنَا مِنْ لَدُنْكَ نَص۪يرًاۜ

An Nissa 4/75
E por que razão não combateis no caminho de Allah e pela salvação dos indefesos, dentre os homens e as mulheres e as crianças, os quais dizem: "Senhor nosso! Fazenos sair desta cidade, cujos habitantes são injustos¹ e faze-nos, de Tua parte, um protetor e faze-nos, de Tua parte, um socorredor"?
 (Dr. Helmi Nasr, 2015)

[¹] Trata-se da súplica dos indefesos, que abraçaram o Islão e ficaram em Makkah pois não tinham possibilidade alguma de defender-se, menos ainda de emigrar para Al Madínah, com o Profeta e seus seguidores.
E o que vos impede de combater pela causa de Deus e dos indefesos¹, homens, mulheres e crianças? que dizem: Ó Senhor nosso, tira-nos desta cidade (Makka), cujos habitantes são opressores. Designa-nos, de Tua parte, um protetor e um socorredor²!
 (Prof. Samir El Hayek, 1974)

[¹] Mustadh’af — aquele reconhecidamente fraco e, por conseguinte, maltratado e oprimido. Comparar com o versículo 98 desta surata, e com o 150 da 7ª Surata.

[²] Mesmo do ponto de vista humano, a causa de Deus é a causa da justiça, a causa dos oprimidos. Por ocasião da grande perseguição, antes de Makka ser reconquistada, quanta desgraça, ameaça, tortura e opressão não foram suportadas por aqueles de fé inquebrantável! As vidas de Mohammad e de seus aderentes foram ameaçadas; eles era ridicularizados, assediados, insultados, surrados; aqueles ao alcance das mãos dos inimigos era postos a ferros e lançados ao cárcere; outros foram boicotados, proscritos do comércio e dos negócios, banidos das relações sociais; não podiam, nem mesmo comprar o alimento de que necessitava, nem cumprir os deveres religiosos. A perseguição foi redobrada quanto aos escravos, às mulheres e às crianças crédulas, depois da Hégira. Seus clamores por um protetor e auxiliador da parte de Deus foram respondidos quando Mohammad propiciou, novamente, a liberdade e a paz a Makka.
E o que é que se passa convosco que não combateis na causa de Allah e dos fracos —homens, mulheres e crianças— que dizem, ‘Nosso Senhor, leva-nos para fora desta cidade, cujo povo e opressor, e proporciona-nos algum amigo da parte de Ti Próprio, e proporciona-nos algum auxiliar da parte dc Ti Próprio.
 (Iqbal Najam, 1988)

Size ne oluyor ki, Allah yolunda; ezilen erkekler ve kadınlar ile çocuklar uğrunda savaşmıyorsunuz! Halbuki onlar: “Rabbimiz! Halkı yanlışlar içinde olan bu şehirden bizi çıkar, bize katından bir yönetici gönder, bize katından bir yardımcı gönder” diye yalvarıp duruyorlar.

4- Sura An Nissa

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176

Most Viewed Posts