Maldição dos Judeus e Israel Hoje

De acordo com o verso 64 do capítulo Al-Maida, os judeus foram amaldiçoados por Allah. Mas hoje, os judeus conseguiram estabelecer um estado como super poder, no território do nosso Profeta, bem no meio do mundo árabe. Como acreditamos, a promessa de Allah é válida até ao dia do juízo final. Então, como devemos entender o verso relacionado?

Maldição dos Judeus e Israel Hoje

O termo “maldição” significa; exclusão, punição, estar longe da misericórdia de Allah. Aqueles que se tornam incrédulos de Israel foram amaldiçoados pelos profetas como Davi e Jesus, e isso indica que eles estão longe da misericórdia de Allah. Embora eles vejam o impacto de estar longe da misericórdia de Allah neste mundo, o impacto real disso ocorrerá no outro mundo. Isso é por causa das regras de Allah. O Glorificado Allah recompensa as pessoas com sucesso que trabalham de acordo com as regras de Deus neste mundo. Se eles apenas desejam a riqueza do mundo, Allah lhes dará o que eles querem, mas Ele os deixará privados no outro mundo.

Allah, o Glorificado seja, diz:

مَّن كَانَ يُرِيدُ الْعَاجِلَةَ عَجَّلْنَا لَهُ فِيهَا مَا نَشَاء لِمَن نُّرِيدُ ثُمَّ جَعَلْنَا لَهُ جَهَنَّمَ يَصْلاهَا مَذْمُومًا مَّدْحُورًا * وَمَنْ أَرَادَ الآخِرَةَ وَسَعَى لَهَا سَعْيَهَا وَهُوَ مُؤْمِنٌ فَأُولَئِكَ كَانَ سَعْيُهُم مَّشْكُورًا * كُلاًّ نُّمِدُّ هَؤُلاء وَهَؤُلاء مِنْ عَطَاء رَبِّكَ وَمَا كَانَ عَطَاء رَبِّكَ مَحْظُورًا

“A quem quiser as coisas transitórias (deste mundo), atendê-lo-emos prontamente com o que desejar; a quem Nos aprouver, porém, destiná-lo-emos ao inferno, em que entrará envergonhado, rejeitado.

Aqueles que anelarem a Outra Vida e se esforçarem por obtê-la, e forem crentes, terão os seus esforços retribuídos.

Tanto a estes como àqueles agraciamos com as dádivas do teu Senhor; porque as dádivas do teu Senhor jamais foram negadas a alguém.” (Al Isrá | A Viagem Noturna 17:18-20)

Há também versos que indicam que os judeus terão um poder dominante em todo o mundo hoje, mas também é mencionado que eles vão sentir uma grande dor por causa de seus comportamentos errados mais cedo.

Os versos relacionados são os seguintes:

وَقَضَيْنَا إِلَى بَنِي إِسْرَائِيلَ فِي الْكِتَابِ لَتُفْسِدُنَّ فِي الأَرْضِ مَرَّتَيْنِ وَلَتَعْلُنَّ عُلُوًّا كَبِيرًا * فَإِذَا جَاء وَعْدُ أُولاهُمَا بَعَثْنَا عَلَيْكُمْ عِبَادًا لَّنَا أُوْلِي بَأْسٍ شَدِيدٍ فَجَاسُواْ خِلاَلَ الدِّيَارِ وَكَانَ وَعْدًا مَّفْعُولاً * ثُمَّ رَدَدْنَا لَكُمُ الْكَرَّةَ عَلَيْهِمْ وَأَمْدَدْنَاكُم بِأَمْوَالٍ وَبَنِينَ وَجَعَلْنَاكُمْ أَكْثَرَ نَفِيرًا * إِنْ أَحْسَنتُمْ أَحْسَنتُمْ لِأَنفُسِكُمْ وَإِنْ أَسَأْتُمْ فَلَهَا فَإِذَا جَاء وَعْدُ الآخِرَةِ لِيَسُوؤُواْ وُجُوهَكُمْ وَلِيَدْخُلُواْ الْمَسْجِدَ كَمَا دَخَلُوهُ أَوَّلَ مَرَّةٍ وَلِيُتَبِّرُواْ مَا عَلَوْاْ تَتْبِيرًا

“E determinamos, no Livro, aos israelitas: causareis corrupção duas vezes na terra, e vos tornareis muito arrogantes.

E quando se cumpriu a primeira cláusula, enviamos contra eles servos Nossos poderosos, que adentraram seus lares e foi cumprida a (Nossa) ameaça.

Logo vos concedemos a vitória sobre eles, e vos agraciamos com bens e filhos, e vos tornamos mais numerosos.

Se praticardes o bem, este reverter-se-á em vosso próprio benefício; se praticardes o mal, será em prejuízo vosso. E quando se cumpriu a segunda cláusula, permitimos (aos vossos inimigos) afligir-vos e invadir o Templo, tal como o haviam invadido da primeira vez, e arrasar totalmente com tudo quanto havíeis conquistado.” (Al Isrá | A Viagem Noturna 17:4-7)

O primeiro evento mencionado no verso foi realizado pelo exército sob o comando do rei da Babilônia, Nabucodonosor II em 587 aC, e o segundo foi realizado em 70 dC por Tito, que era o comandante dos bizantinos.

O verso seguinte resume as consequências:

عَسَى رَبُّكُمْ أَن يَرْحَمَكُمْ وَإِنْ عُدتُّمْ عُدْنَا وَجَعَلْنَا جَهَنَّمَ لِلْكَافِرِينَ حَصِيرًا

“Pode ser que o vosso Senhor tenha misericórdia de vós; porém, se reincidirdes (no erro), Nós reincidiremos (no castigo) e faremos do inferno um cárcere para os incrédulos.” (Al Isrá | A Viagem Noturna 17:8)