Relação Entre o Sono e a Morte

Relação Entre o Sono e a Morte

Relação Entre o Sono e a Morte

Allah, Glorificado seja, diz:

فَقُلْنَا اضْرِبُوهُ بِبَعْضِهَا كَذَلِكَ يُحْيِي اللّهُ الْمَوْتَى وَيُرِيكُمْ آيَاتِهِ لَعَلَّكُمْ تَعْقِلُونَ

“Então ordenamos: Golpeai-o (o morto) com um pedaço dela (rês sacrificada). Assim Allah ressuscita os mortos e vos manifesta os Seus sinais, para que raciocineis.” (Al-Bácara 2/73)

A expressão: “… Assim Allah ressuscita os mortos” é importante. Um homem não pode ser trazido de volta à vida com golpe de um pedaço de carne. Talvez uma pessoa adormecida possa estar acordada assim.  Então, a volta dos mortos para a vida pode ser semelhante ao despertar de uma pessoa adormecida. Porque de acordo com os versículos, a morte é como um longo sono, sepultura como um lugar para dormir e ressurreição após a morte como acordar. Um verso diz:

وَهُوَ الَّذِي يَتَوَفَّاكُم بِاللَّيْلِ وَيَعْلَمُ مَا جَرَحْتُم بِالنَّهَارِ ثُمَّ يَبْعَثُكُمْ فِيهِ لِيُقْضَى أَجَلٌ مُّسَمًّى ثُمَّ إِلَيْهِ مَرْجِعُكُمْ ثُمَّ يُنَبِّئُكُم بِمَا كُنتُمْ تَعْمَلُونَ

“Ele é Quem vos recolhe, durante o sono, e vos reanima durante o dia, bem sabendo o que fazeis, a fim de que se cumpra o período prefixado; logo, a Ele será o vosso retorno e, então, Ele vos inteirará de tudo quanto houverdes feito.” (Al An’am 6/60)

A ressurreição da morte é como levantar-se da cama, e o Chifre é como uma trombeta de despertar. O versículo acima relaciona uma pessoa que acabou de ser morta e cujo corpo não se deteriorou ainda. Allah, Glorificado seja, com seu poder infinito reparou o órgão danificado e enviou sua alma de volta ao corpo. É assim que a ressurreição dos seres humanos será realizada; primeiro o corpo da pessoa será trazido de volta a um estado vivo, então sua alma será enviada para o corpo e ele voltará à vida como se ele estivesse acordado.

O ser humano foi criado de barro (tiyn). Allah, Glorificado seja, diz:

الَّذِي أَحْسَنَ كُلَّ شَيْءٍ خَلَقَهُ وَبَدَأَ خَلْقَ الْإِنسَانِ مِن طِينٍ . ثُمَّ جَعَلَ نَسْلَهُ مِن سُلَالَةٍ مِّن مَّاء مَّهِينٍ

“Que aperfeiçoou tudo o que criou e iniciou a criação do primeiro homem, de barro. Então, formou-lhe uma prole da essência de sêmen sutil.” (As Sajda 32/7-8)

Tiyn é a mistura de água e solo 1. Se a água não é misturada com o solo, a vida não pode continuar. É assim que a natureza produz nutrição. Assim, não só Adão, mas todos os seres humanos são criados a partir do solo. Um núcleo extraído da nutrição humana cria a semente humana. A semente é colocada no útero da mãe e se desenvolve com a nutrição que vem do solo. Assim, o corpo é alimentado por solo e água até o momento em que morre. Tudo o que deixa o corpo torna-se solo. A recreação será do solo também, e será como seres humanos crescendo da terra como plantas. Allah, Glorificado seja, diz:

مِنْهَا خَلَقْنَاكُمْ وَفِيهَا نُعِيدُكُمْ وَمِنْهَا نُخْرِجُكُمْ تَارَةً أُخْرَى

“Dela vos criamos, a ela retornareis, e dela vos faremos surgir outra vez.” (Tá-Há 20/55)

A Alma

Depois que o corpo atinge um estágio no útero da mãe, Deus o sopra uma alma. Os versículos anteriores continuam assim:

ثُمَّ سَوَّاهُ وَنَفَخَ فِيهِ مِن رُّوحِهِ وَجَعَلَ لَكُمُ السَّمْعَ وَالْأَبْصَارَ وَالْأَفْئِدَةَ قَلِيلًا مَّا تَشْكُرُونَ

“Depois o modelou; então, alentou-o com o Seu Espírito. Dotou a todos vós com a faculdade da audição da visão e do entendimento. Quão pouco Lhe agradeceis!” (As Sajda 32/9)

Morte e Sono

O corpo é uma casa para a alma. A alma parte no sono e retorna quando é hora de se levantar. Um corpo morto é como uma casa colapsada. A alma não volta a ela, até o momento em que ela é recriada. Isto é o que este versículo decreta:

اللَّهُ يَتَوَفَّى الْأَنفُسَ حِينَ مَوْتِهَا وَالَّتِي لَمْ تَمُتْ فِي مَنَامِهَا فَيُمْسِكُ الَّتِي قَضَى عَلَيْهَا الْمَوْتَ وَيُرْسِلُ الْأُخْرَى إِلَى أَجَلٍ مُسَمًّى إِنَّ فِي ذَلِكَ لَآيَاتٍ لِّقَوْمٍ يَتَفَكَّرُونَ

“Allah recolhe as almas, no momento da morte e, dos que não morreram, ainda, (recolhe) durante o sono. Ele retém aqueles cujas mortes tem decretadas, e deixa em liberdade outros, até um término prefixado. Em verdade, nisto há sinais para os sensatos.” (Az-Zúmar 39/42)

Ambas as palavras ‘mawt’ e ‘wafaat’ são mencionadas neste versículo. A palavra “anfus (sing nafs)” neste caso é tanto o sujeito do verbo يتوفي = yatawaffa (o realizador) quanto o objeto dos verbos موت = mawt e منام = manam (o afetado pelo sono). De acordo com isso, há dois nafs em uma pessoa; o que é causado a ‘wafaat’, e aquele que dorme todos os dias e morre quando chega a hora. Com um estudo cuidadoso das relações entre os versos, nota-se que o nafs que dorme e morre é “o corpo”, enquanto o que é causado a “wafaat” é “a alma”.

A raiz da palavra ‘wafat’ é ‘wafa = وفى’. A palavra arábica wafa significa ‘realizar algo completamente’. Fazer wafaat, é realizar o توفي ‘ = tawaffi ‘. Desde que não há nada que a alma faça durante o sono ou após a morte, Allah extrai a alma do corpo. موت = mawt é a perda de vitalidade; a morte.

Aquele que dorme e morre é o corpo, enquanto a alma não dorme nem morre. O ser humano é composto de corpo e alma. Cada um deles é chamado ‘nafs’. O Alcorão demonstra o discurso de uma alma que parte do corpo moribundo:

حَتَّى إِذَا جَاء أَحَدَهُمُ الْمَوْتُ قَالَ رَبِّ ارْجِعُونِ .لَعَلِّي أَعْمَلُ صَالِحًا فِيمَا تَرَكْتُ كَلَّا إِنَّهَا كَلِمَةٌ هُوَ قَائِلُهَا وَمِن وَرَائِهِم بَرْزَخٌ إِلَى يَوْمِ يُبْعَثُونَ

“(Quanto a eles, seguirão sendo idólatras) até que, quando a morte surpreender algum deles, este dirá: Ó Senhor meu, manda-me de volta (à terra), A fim de eu praticar o bem que negligenciei! Pois sim! Tal será a frase que dirá! E ante eles haverá uma barreira, que os deterá até ao dia em que forem ressuscitados.” (Al Mu’minun 23/99-100)

A alma e o corpo estão em sintonia no útero da mãe pela primeira vez. Allah, Glorificado seja, diz:

وَاللَّهُ خَلَقَكُم مِّن تُرَابٍ ثُمَّ مِن نُّطْفَةٍ ثُمَّ جَعَلَكُمْ أَزْوَاجًا

“E Allah vos criou do pó; então de esperma; depois vos dividiu em pares. 2 ” (Fáter 35/11)

Quando o corpo é recriado na outra vida, o segundo emparelhamento vai ocorrer. Este é o tempo descrito no versículo  (At Taquir 81:7) como: ‘وَإِذَا النُّفُوسُ زُوِّجَتْ : Quando as almas (nufus: singular nafs) forem reunidas’.
O sono é essencial para poder descansar. A morte é essencial para poder ter um corpo adequado para a vida no futuro, que não envelhece, deforme, adoeça ou morra. Do olho da pessoa, a morte e a ressurreição são como piscar um olho. Allah, Glorifiicado seja, decreta:

وَلِلّهِ غَيْبُ السَّمَاوَاتِ وَالأَرْضِ وَمَا أَمْرُ السَّاعَةِ إِلاَّ كَلَمْحِ الْبَصَرِ أَوْ هُوَ أَقْرَبُ إِنَّ اللّهَ عَلَى كُلِّ شَيْءٍ قَدِيرٌ

“A Allah pertence o mistério dos céus e da terra. E o advento da Hora não durará mais do que um pestanejar de olhos, ou fração menor ainda; sabei que Allah é Onipotente.” (An Nahl 16/77)

البصرلمح significa piscar 3. Em uma piscar, olho aberto se fecha e se abre de novo. É assim que Allah descreve a semelhança do tempo entre a vida mundana e a outra vida. A pessoa fecha o olho na morte e a abre em outra vida.

A ressurreição ocorre neste mundo. A alma se junta com seu corpo mais uma vez e a pessoa abre o olho como se despertasse após o sono. Aqueles que escondem a verdade supõem o castigo no túmulo como um pesadelo e dizem:

يَوْمَ يَدْعُوكُمْ فَتَسْتَجِيبُونَ بِحَمْدِهِ وَتَظُنُّونَ إِن لَّبِثْتُمْ إِلاَّ قَلِيلاً

“Será no dia em que Ele vos chamar e em que vós O atendereis, glorificando os Seus louvores; e vos parecerá que não permanecestes ali senão pouco tempo.” (Al-Isrá 17/52)

E quando vêem o sofrimento que vem, eles dizem:

يَا وَيْلَنَا مَن بَعَثَنَا مِن مَّرْقَدِنَا هَذَا مَا وَعَدَ الرَّحْمَنُ وَصَدَقَ الْمُرْسَلُونَ

“Ai de nós! Quem nos despertou do nosso repouso?” (Yá Sin 36/52)

De acordo com a percepção humana, a morte é a mesma coisa que o sono. Isto é o que os versos mencionados expressam.

  1. Raghib al-Esfahani, Art. طين
  2. Isso significa que os gêneros são determinados após a fertilização.
  3.  لَمَحَ البَرْقُ ولَمَعَ، ولَمَحَ البَصَرُ، ولَمَحَهُ ببَصَرِه واللَّمْحةُ: النَّظْرة Al-Halil b. Ahmad (100-175 h.) Al-Ayn, (thk: Mahdi al-Mahzumi, Ibrahim as-Samraî), Irã 1409/1988
By |2018-05-28T21:26:12+00:0008/01/2018|Categories: Pesquisa|Tags: , , , , |