Qual é a decisão sobre o crescimento da barba, é uma ordem (fard) ou apenas uma prática (sunnah)?

Qual é o veredicto da barba na jurisprudência islâmica?

O Mensageiro de Deus diz o seguinte sobre o crescimento da barba:

Abdullah Ibn Umar (r.a.) narra: “Rasulullah (saw) decretou:
“Apare bem o bigode e deixe a barba crescer.”

Em uma narração de Sahîheyn (Bukhari e Muslim):
“Os seguintes atos são da natureza humana (fitrah): raspar os pêlos pubianos, cortar as unhas, aparar o bigode.”

Outra narração diz:
“Aja de maneira contrária aos ocultadores (mushrikun), apare bem o bigode e cresça a barba.”

Aisha narra: “Mensageiro de Allah disse:

“Dez coisas são de fitrah: aparar o bigode, crescer a barba, siwak (arak pau para limpar os dentes), istinshaq (jogar água nas narinas), madhmada (enxaguar e gargarejar a boca), cortar as unhas, lavar entre os dedos dos pés, depilar as axilas, depilar os pêlos pubianos, istinja (limpar-se com água após a defecação). ”

Por meio dessas narrações, alguns estudiosos consideram o crescimento da barba como uma ordem. Alguns outros consideram como um regulamento tradicional que deveria ser feito na sociedade árabe, onde todos deixassem crescer a barba e onde bigodes costumavam se misturar com as barbas.

Como há narrações que podem provar que ambos os lados estão certos e que o Mensageiro de Deus costumava deixar crescer a barba, podemos considerá-la como prática do Profeta, a saber, sunnah. Por isso, recomendamos que você leia as narrações e tome sua própria decisão.

By |2018-08-13T09:38:20+00:0012/08/2018|Categories: Geral|