O que Allah diz sobre o Islão é a única religião?

Islão

“Para Allah a religião é o Islão. E os adeptos do Livro só discordaram por inveja, depois que a verdade lhes foi revelada. Porém, quem nega os versículos de Allah, saiba que Allah é Destro em ajustar contas. E se eles discutirem contigo (ó Mohammad), dize-lhes: Submeto-me a Allah, assim como aqueles que me seguem! Pergunta aos adeptos do Livro e aos iletrados: Tornar-vos-eis muçulmanos? Se se tornarem, encaminhar-se-ão; se negarem, sabe que a ti só compete a proclamação da Mensagem. E Allah é observador dos Seus servos. Alerta aqueles que negam os versículos de Allah, assassinam injustamente os profetas e matam os justiceiros, dentre os homens, de que terão um doloroso castigo. São aqueles cujas obras tornar-se-ão sem efeito, neste mundo e no Outro, e não terão socorredores.” (Al-i Imran 3:19-22)

“Ó adeptos do Livro, por que discutis acerca de Abraão, se a Tora e o Evangelho não foram revelados senão depois dele? Não raciocinais? Vá lá que discutais sobre o que conheceis. Por que discutis, então, sobre coisas das quais não tendes conhecimento algum? Allah é Quem sabe, e vós ignorais. Abraão jamais foi judeu nem cristão; foi, outrossim, monoteísta, muçulmano, e nunca se contou entre os idólatras. Os mais achegados a Abraão foram aqueles que o seguiram, assim como (o são) este Profeta e os que creram; e Allah é Protetor dos crentes.” (Al-i Imran 3:65-68)

“Anseiam, acaso, por outra religião, que não a de Allah? Todas as coisas que há nos céus e na terra, quer elas queiram, ou não, estão-Lhe submetidas, e a Ele retornarão. Dize: Cremos em Allah, no que nos foi revelado, no que foi revelado a Abraão, a Ismael, a Isaac, a Jacó e às tribos, e no que, do Senhor, foi concedido a Moisés, a Jesus e aos profetas; não fazemos distinção alguma entre eles, porque somos, para Ele, muçulmanos. Se alguém almejar (impingir) outra religião, que não seja o Islam, (ela) jamais será aceita e, no Outro Mundo, essa pessoa contar-se-á entre os desventurados.” (Al-i Imran 3:83-85)

E combatei com disciplina e sinceridade pela causa de Allah; Ele vos elegeu. E não vos impôs dificuldade alguma quanto à religião, porque é o credo de vosso pai, Abraão. Ele vos denominou muçulmanos, antes deste e neste (Alcorão), para que o Mensageiro seja testemunha vossa, e para que sejais testemunhas dos humanos. Observai, pois, a oração, pagai o zakat e apegai-vos a Allah, Que é vosso Protetor. E que excelente Protetor! E que excelente Socorredor!” (Hajj 22:78)

“Disseram: Sede judeus ou cristãos, que estareis bem iluminados. Responde-lhes: Qual! Seguimos o credo de Abraão, o monoteísta, que jamais se contou entre os idólatras. Dizei: Cremos em Allah, no que nos tem sido revelado, no que foi revelado a Abraão, a Ismael, a Isaac, a Jacó e às tribos; no que foi concedido a Moisés e a Jesus e no que foi dado aos profetas por seu Senhor; não fazemos distinção alguma entre eles, e a Ele nos submetemos. Se crerem no que vós credes, iluminar-se-ão; se se recusarem, estarão em dissidência. Allah ser-vos-á suficiente contra eles, e Ele é o Oniouvinte, o Sapientíssimo.” (Bacara 2:135-137)

By | 2017-11-23T22:15:53+00:00 20/11/2017|Categories: Geral|