21 09, 2017

Prisioneiros de Guerra, Escravidão e Concubinato

By |2018-05-10T21:45:55+00:0021/09/2017|Categories: Direito, Erros Comuns, Jihad, Pesquisa|Tags: , , , , , , |

Prisioneiros de Guerra, Escravidão e Concubinato Escravizar os cativos masculinos ou femininos de guerra e ter relações sexuais com eles sem casamento é contra os vereditos do Alcorão. Embora os versos sobre este assunto sejam claros, distorcendo os significados das palavras, uma falsa percepção foi criada e foi transformada na visão comum de todas as seitas, incluindo sunitas e xiitas, de que os cativos podem ser escravizados e as cativas também podem ser usadas como concubinas. A- ESCRAVIZAÇÃO DE CATIVOS Os verdadeiros muçulmanos trabalham para fazer prevalecer a religião de Deus e não os seus [...]

21 09, 2017

Islão religião de paz ou guerra?

By |2017-09-22T18:54:11+00:0021/09/2017|Categories: Jihad|

Pode-se dizer que o Islão é uma religião de guerra? As guerras de Muhammad não demonstram isso? A palavra Islam é derivada da raiz árabe "silm", que significa "paz", "salvação", "submissão" e "dar". Todos os mandamentos no Alcorão e as práticas do Profeta Muhammad mostram claramente que o Islã é uma religião de paz e justiça. Não há bases para rotular o Islã como uma religião de espada sem conhecer os motivos e as conseqüências das guerras do Profeta. Muhammad Hamidullah, o autor dos "Campos de batalha do Profeta Muhammad" faz o seguinte comentário [...]

15 09, 2017

Como Fazer Jihad Hoje Em Dia?

By |2017-09-22T17:48:31+00:0015/09/2017|Categories: Jihad|

Se o jihad é lutar para Allah, como devemos cumpri-lo hoje em dia? A palavra ‘jihad: جهاد‘ vem de raiz ‘جهد‘ que significa esforçar-se, trabalhar com força total, usar todas oportunidades para conseguir fazer alguma coisa. Jihad deve ser pensado como um conceito inclusivo. ‘Jihad‘ e ‘qital‘, que também é explicado abaixo, são confundidos na maioria das vezes. No Alcorão a palavra significa “a guerra” é “qital /muqatala“. O seguinte versículo mostra claramente que Jihad não significa apenas a guerra: فَلَا تُطِعِ الْكَافِرِ‌ينَ وَجَاهِدْهُمْ بِهِ جِهَادًا كَبِيرً‌ا Não escute os incrédulos, mas esforce-se contra [...]