Eu amo uma mulher e quero casar com ela. Mas ela cometeu formicação no passado. Ela se arrependeu do que fez. Agora ela tem uma vida islâmica, graças a Deus. Eu queria saber se há algum mal em se casar com um homem que nunca cometeu um pecado antes?

Casar com Alguém que Cometeu Fornicação

O homem, por sua natureza, tem a tendência de pecar. E a vida é vida de provação. Aparecerão as coisas que levarão uma pessoa a pecar e as coisas a afastarão do caminho. Satanás é uma delas e o mais perigoso. Esta situação é descrita no Alcorão Sagrado como seguinte:

قَالَ أَنْظِرْنِي إِلَىٰ يَوْمِ يُبْعَثُونَ * قَالَ إِنَّكَ مِنَ الْمُنْظَرِينَ * قَالَ فَبِمَا أَغْوَيْتَنِي لَأَقْعُدَنَّ لَهُمْ صِرَاطَكَ الْمُسْتَقِيمَ * ثُمَّ لَآتِيَنَّهُمْ مِنْ بَيْنِ أَيْدِيهِمْ وَمِنْ خَلْفِهِمْ وَعَنْ أَيْمَانِهِمْ وَعَنْ شَمَائِلِهِمْ ۖ وَلَا تَجِدُ أَكْثَرَهُمْ شَاكِرِينَ

“Implorou: Tolera-me até ao dia em que (os seres) forem ressuscitados! Respondeu-lhe: Considera-te entre os tolerados! Disse: Juro que, por me teres extraviado, 1 desviá-los-ei da Tua senda reta. E, então, atacá-los-ei pela frente e por trás, pela direita e pela esquerda e não acharás, entre eles, muitos agradecidos!” (Al ’Araf | Os Cismos 7:14-17)

Como visto nos versos, o diabo ataca constantemente para pessoas; pela frente, por trás, pela direita, pela esquerda. E assim as pessoas vão cair no pecado. Então, o que acontece a seguir? O que aqueles que lamentam suas más ações farão? Bem aqui, Deus dá oportunidade de arrependimento. Se aqueles que se arrependem do que fizeram se arrependerão sinceramente para não fazê-lo novamente e se refugiarem na misericórdia de Deus, então Deus os perdoe. Ele diz assim:

وَالَّذِينَ إِذَا فَعَلُوا فَاحِشَةً أَوْ ظَلَمُوا أَنْفُسَهُمْ ذَكَرُوا اللَّهَ فَاسْتَغْفَرُوا لِذُنُوبِهِمْ وَمَنْ يَغْفِرُ الذُّنُوبَ إِلَّا اللَّهُ وَلَمْ يُصِرُّوا عَلَىٰ مَا فَعَلُوا وَهُمْ يَعْلَمُونَ * أُولَٰئِكَ جَزَاؤُهُمْ مَغْفِرَةٌ مِنْ رَبِّهِمْ وَجَنَّاتٌ تَجْرِي مِنْ تَحْتِهَا الْأَنْهَارُ خَالِدِينَ فِيهَا ۚ وَنِعْمَ أَجْرُ الْعَامِلِينَ

“Que, quando cometem uma obscenidade ou se condenam, mencionam a Deus e imploram o perdão por seus pecados – mas quem, senão Deus perdoa os pecados? – e não reincidem, com conhecimento, no que cometeram. Para estes a recompensa será uma indulgência do seu Senhor, terão jardins, abaixo dos quais correm os rios, onde morarão eternamente. Quão excelente é a recompensa dos diligentes!” (Al ‘Imran | A Família de Imran 3:135-136)

وَالَّذِينَ عَمِلُوا السَّيِّئَاتِ ثُمَّ تَابُوا مِنْ بَعْدِهَا وَآمَنُوا إِنَّ رَبَّكَ مِنْ بَعْدِهَا لَغَفُورٌ رَحِيمٌ

“Quanto àqueles que cometem torpezas e logo se arrependem e crêem, fica sabendo que Teu Senhor é, depois disso, Indulgente, Misericordiosíssimo.” (Al ’Araf | Os Cismos 7:153)

ثُمَّ إِنَّ رَبَّكَ لِلَّذِينَ عَمِلُوا السُّوءَ بِجَهَالَةٍ ثُمَّ تَابُوا مِنْ بَعْدِ ذَٰلِكَ وَأَصْلَحُوا إِنَّ رَبَّكَ مِنْ بَعْدِهَا لَغَفُورٌ رَحِيمٌ

“Quanto àqueles que cometem uma falta por ignorância e logo se arrependem e se encomendam a Deus, saiba que teu Senhor, depois disso, será Indulgente, Misericordiosíssimo.” (An Náhl | As Abelhas 16:119)

إِنَّمَا التَّوْبَةُ عَلَى اللَّهِ لِلَّذِينَ يَعْمَلُونَ السُّوءَ بِجَهَالَةٍ ثُمَّ يَتُوبُونَ مِنْ قَرِيبٍ فَأُولَٰئِكَ يَتُوبُ اللَّهُ عَلَيْهِمْ ۗ وَكَانَ اللَّهُ عَلِيمًا حَكِيمًا

“A absolvição de Deus recai tão-somente sobre aqueles que cometem um mal, por ignorância, e logo se arrependem. A esses, Deus absolve, porque é Sapiente, Prudentíssimo.” (An Nissá | As Mulheres 4:17)

وَإِنِّي لَغَفَّارٌ لِّمَن تَابَ وَآمَنَ وَعَمِلَ صَالِحًا ثُمَّ اهْتَدَى

“Somos Indulgentíssimo para com o fiel, arrependido, que pratica o bem e se encaminha.” (Táhá 20:82)

قُلْ يَا عِبَادِيَ الَّذِينَ أَسْرَفُوا عَلَىٰ أَنْفُسِهِمْ لَا تَقْنَطُوا مِنْ رَحْمَةِ اللَّهِ ۚ إِنَّ اللَّهَ يَغْفِرُ الذُّنُوبَ جَمِيعًا ۚ إِنَّهُ هُوَ الْغَفُورُ الرَّحِيمُ

“Dize: Ó servos meus, que se excederam contra si próprios, não desespereis da misericórdia de Deus; certamente, Ele perdoa todos os pecados, porque Ele é o Indulgente, o Misericordiosíssimo.” (Az Zúmar | Os Grupos 39:53)

Como é claramente visto nos versos, Allah perdoa aqueles que se arrependem de seus pecados e realizam boas ações.

Zina é um dos grandes pecados que Deus proibiu. Não só para fazer isso, mas também “aproximar-se” é proibido.

“Não aproximai-vos da fornicação, porque é uma obscenidade e um péssimo exemplo!” (Al Isrá | A Viagem Noturna 17:32)

De acordo com isso, uma pessoa que comete fornicação por qualquer motivo, como ignorância, juventude, etc, mas depois se arrepende desse pecado começa a fazer boas ações pode se casar. Não há problema com isso.

Porque no terceiro verso de Surat an-Nur, além da provisão de “O adúltero não poderá casar-se, senão com uma adúltera ou uma idólatra; a adúltera não poderá desposar senão um adúltero ou um idólatra. Tais uniões estão vedadas aos fiéis.”, o quinto versículo desta surata permite casar com aqueles que se arrependem da fornicação.

اِلَّا الَّذ۪ينَ تَابُوا مِنْ بَعْدِ ذٰلِكَ وَاَصْلَحُواۚ فَاِنَّ اللّٰهَ غَفُورٌ رَح۪يمٌ

“Exceto aqueles que, depois disso, se arrependerem e se emendarem; sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.” (An Nur | A Luz 24:5)

  1. Outra instância da sutileza e da falsidade de Iblis. Ele espera, até conseguir a tolerância. Então, explode em mentiras e provocações impertinentes. A mentira está em ele sugerir que Deus o desviou do Caminho; em outras palavras, que o desvirtuou, sendo que foi a sua própria conduta a responsável por sua degradação. A provocação consiste em armar ciladas na Senda Reta, para a qual Deus dirige os homens. Ele então cai mais um passo nos planos inferiores, além daqueles cinco mencionados na nota do versículo 13 desta surata. Seu sexto passo consiste na provocação