O que é a noite do decreto? Se refere apenas à noite em que a revelação do Alcorão Sagrado começou? Se esta afirmação estiver correta, então por que esta noite se procura durante as últimas dez noites do Ramadã? Existe alguma realidade teológica por trás dessas afirmações?

A Noite do Decreto

Allah, Glorificado seja, diz:

“Sabei que o revelamos (o Alcorão), na Noite do Decreto. O que te fará entender o que é a Noite do Decreto? A Noite do Decreto é melhor do que mil meses. Nela descem os anjos e o Espírito (Anjo Gabriel), com a anuência do seu Senhor, para executar todas as Suas ordens. (Ela) é paz, até ao romper da aurora!” (Al Cadr 97:1-5)

“Há,  Mim. Pelo Livro esclarecedor. Nós o revelamos durante uma noite bendita – pois somos Admoestador –, Na qual se decreta todo assunto prudente, Por ordem Nossa, porque enviamos (a revelação), Como misericórdia do teu Senhor; eis que Ele é o Oniouvinte, o Sapientíssimo. (Ad Dukhan 44:1-6)

Como pode ser visto nos versos acima, a noite do decreto é um momento especial em vários aspectos.

1- É a noite em que os primeiros versos do Alcorão foram revelados ao Mensageiro Muhammad (ﷺ)

2- É uma época específica do ano em que alguns decretos são distribuídos ao redor da Terra por meio dos mensageiros de Deus (anjos).

As pessoas têm procurado esta noite por causa de sua importância e um sinal de respeito ao livro divino, o Alcorão. Por causa da distribuição anual dos decretos, é aconselhável orar mais e pedir perdão a Allah nesta época do ano. No entanto, não conhecemos nenhum tipo específico de adoração para fazer nesta noite. Quando Aisha (esposa do Profeta) perguntou a Muhammad sobre o que fazer nesta noite, o Mensageiro de Deus respondeu:

Diga: Ó Deus! Tu és o Perdoador, o Generoso. Gostas do perdão. Portanto me perdoa” (Tirmizi, Dawat / Bênçãos, 84)

Sobre os últimos 10 dias do Ramadã,

Sabemos que os primeiros versos do Alcorão foram revelados no mês do Ramadã. Deus decreta:

“O mês de Ramadan foi o mês em que foi revelado o Alcorão…” (Al Bácara 2:185)

Quando as pessoas perguntaram ao Mensageiro sobre o tempo da noite de Cadr (A noite do Decreto), ele disse:

“Foi-me mostrado o tempo do dia da noite decreto, mas depois fui obrigado a esquecer. Procurem nos últimos dez dias e nos ímpares.” (Bukhari, Fadl’al-Laylat’al-Cadr / Virtude da Noite de Cadr, 2-3; Muslim, Siyam / Jejum, 213)

Ninguém pode alegar saber o tempo exato daquela noite, pois o Profeta diz que foi esquecido.

Há também um verso que Deus jura em dez noites.

“Pela aurora! E pelas dez noites! E pelo par e pelo ímpar! E pela noite, quando se retira! Porventura, não há nisso um juramento adequado, para o sensato?” (Al Fajr 89:1-5)

O Profeta costumava se isolar na mesquita nos últimos dez dias do Ramadã. Usando essa informação, a maioria dos estudiosos deduziu que esses versículos podem se referir aos últimos dez dias do Ramadã, o que torna o hadice anterior mais significativo.

Aplicar-se para adorar nos últimos dias do Ramadã é um dos hábitos altamente aconselhados de nosso Profeta e foi amplamente praticado em seu tempo. Allah diz sobre as pessoas que sustentam esse hábito:

“Não vos acerqueis delas enquanto estiverdes retraídos nas mesquitas.” (Al Bácara 2:187)

Como conclusão, A Noite do Decreto é um tempo realmente especial do ano. No entanto, não sabemos sua data exata e não há adoração específica para realizar naquela noite. A única coisa aconselhada é rezar mais, pedir perdão a Allah e isolar-se nas mesquitas em certos momentos durante o dia, se a chance for encontrada. Enquanto não soubermos a data exata da noite do Decreto, é aconselhável praticá-las nos últimos dez dias do Ramadã como um serviço anual de confissão e redenção.

By | 2018-06-10T22:53:42+00:00 10/06/2018|Categories: Alcorão, Jejum|